CATEGORIA: Feel

St. Moritz: o berço dos esportes de inverno na Europa!

Estar em St. Moritz é estar em um dos cantinhos mais elegantes da Suíça. É descer a montanha batendo papo com jet stters. É escutar o irresistível sotaque italiano dos garçons que servem massas trufadas, suculentas carnes de caça e raclettes pelos restaurantes premiados da cidade e da montanha. É garimpar obras de Not Vital, Warhol, Basquiat e de Chirico em pequenas galerias de arte.

(18)

O Museu do Prado completa 200 anos!

Aberto ao público em 1819 em Madrid, o Museu do Prado foi construído pela monarquia espanhola para exibir a riquíssima coleção da família real, que desejava ver na capital do país os símbolos do progresso que tomavam conta da Europa na época.

200 anos de Museu do Prado, Madrid

O conteúdo do museu se deve em grande parte aos hábitos dos monarcas nos séculos 16 e 17, que, ao invés de buscarem abrangência, visavam reunir o maior número possível de obras de seus artistas favoritos. Isto explica o motivo pelo qual o Prado é descrito como um museu de pintores e não de pinturas.

Museu do Prado

São mais de 140 obras de Francisco Goya, permitindo que nós acompanhemos a evolução do artista. A sequência começa por quadros mais claros, seguindo pelo intenso contraste entre o claro e o escuro e terminando numa fase mais escura e dramática, que serviu de referência para os expressionistas e surrealistas.

Outro artista muito bem representado é Velázquez, com cerca de 50 pinturas, incluindo suas maiores obras-primas como “As Meninas”. O retrato da infanta Margarida Teresa de Habsburgo acompanhada por suas damas de companhia é um dos mais visitados, inclusive por conter o autorretrato do pintor em seu canto esquerdo.

Obra ” Como spinners ou a fábula de arachne ” (Velázquez, 1655-1660)

Mais nomes concorridos que podem ser encontrados pelos corredores do Prado incluem Bosch, El Greco, Rubens, Fra Angelico, e pintores renascentistas como Ticiano, Rafael e Botticelli.

“Fra Angelico e os primórdios do renascimento em Florença”

(41)

Self Drive na Alemanha pelos lagos e castelos da Baviera

Se aventurar em uma roadtrip significa ter liberdade total, parar nos acostamentos para fotografar quando quiser, se embrenhar por estradinhas secundárias e vilarejos escondidos. Também significa prestar mais atenção no caminho, fazer escolhas, improvisar e redesenhar o percurso incontáveis vezes. O aluguel com a Europcar é fácil e proporciona uma experiência confortável a bordo de modelos estilosos.

(63)

Unique garden, um hotel especial pertinho de São Paulo

Nos arredores do Parque Estadual da Cantareira, último reduto preservado da Mata Atlântica em São Paulo, o Unique Garden é um convite à contemplação da natureza e de tudo o que ela é capaz de despertar. Idealizado por Victor Siaulys e com áreas projetadas pelo renomado arquiteto Ruy Ohtake, o complexo de 300 mil metros quadrados é um verdadeiro universo sensorial a 1h15 da capital. Jardins coloridos e perfumados que parecem cenários oníricos, massagens e tratamentos com a missão de resgatar a harmonia do corpo e da alma e refeições preparadas com ingredientes orgânicos cultivados nas hortas e estufas do hotel, são apenas alguns dos elementos que compõem a experiência e não tardam a transformar a correria da vida na capital em uma lembrança distante.

(148)

As típicas herdades no Alentejo, Portugal

Quem vai ao Alentejo quer curtir uma viagem com calma. Quer desbravar o campo, passear entre rebanhos de ovelhas, vinhedos e olivais e também descobrir a gentileza alentejana, sua história tão rica e o charme dos palacetes históricos, vilarejos medievais e herdades. Nas planícies da maior região de Portugal, o sol é garantido praticamente o ano todo e “comer e beber” está incorporado ao modo de vivenciá-la. Comece por Évora, mas não deixe de visitar cidadezinhas como Beja, Marvão, Estremoz e Monsaraz.

Conheça quatro herdades especiais

(162)

4 lugares para conhecer no interior da Inglaterra

Primeiro você explora Londres, depois, seja para um bate-volta ou uma estadia prolongada, você pega um trem ou um carro e em poucos quilômetros chega ao interior da Inglaterra, onde é possível mergulhar no passado e reviver a essência britânica, em seu charme e despretensão. Não espere nada menos do que vilarejos pitorescos, casarios antigos, jardins de tirar o fôlego, pubs animados, monumentos, casas de chá, castelos e palácios em meio a cenários idílicos.

(72)